O ensino de Sociologia no Brasil, v.2

Obra organizada por Cristiano das Neves Bodart (Ufal) e Roniel Sampaio-Silva (IFPI).



Ano: 2019

Nº de Páginas: 200

Valor: R$36,00



A ampliação da produção científica sobre a Sociologia escolar é fundamental para a maior qualificação da prática docente, sobretudo no tempo presente, marcado por constantes ameaças à permanência da disciplina no Ensino Médio.


É sabido que a produção científica gestada na universidade corrobora com o “chão de sala” na medida que (re)pensa as práticas docentes, os currículos, os recursos didáticos, as condições de trabalho e a formação docente, apontando novos horizontes, orientando futuras ações e evidenciando potencialidades do ensino. No caso do ensino de Sociologia temos notado uma produção científica oriunda também da escola básica e/ou de autoria de professores experimentados nesse nível de ensino. O fato é que universidade e escola vêm estreitando as distâncias existentes entre elas, e no caso específico do subcampo de ensino de Sociologia e os professores de Sociologia no Ensino Médio esse fosso vem se reduzindo nos últimos anos. Esse fato se nota por meio da maior aproximação dos pesquisadores dessa temática com o cotidiano escolar, assim como a grande presença de professores de Sociologia escolar em eventos acadêmicos, tais como o Encontro Nacional de Ensino de Sociologia do ensino Básico (ENESEB) e o Congresso da Associação Brasileira de Ensino de Ciências Sociais (ABECS), ambos bianuais e de alcance nacional. A própria ABECS é resultado dessa maior proximidade e do desejo de encurtar cada vez mais as distâncias ainda persistentes.


Esta obra é resultado desse contexto de maior aproximação entre universidade e escola, do avanço recente do subcampo da Sociologia escolar e do anseio de termos uma Sociologia escolar sendo ofertada com qualidade nas escolas.



Sumário


Apresentação

Cristiano das Neves Bodart e Roniel Sampaio-Silva


CAPÍTULO 1

A construção conceitual e empírica do “subcampo” ensino de Sociologia

Cristiano das Neves Bodart


CAPÍTULO 2

A Sociologia no Ensino Médio: a diferença da carga horária semanal no Paraná e no Mato Grosso

Alysson Cipriano Pereira e Valdinei Caes


CAPÍTULO 3

A Educação do campo e sua contribuição para o Ensino de Sociologia

Jean Oliveira Moura, Luciana Salles da Costa e Luiz Fernandes de Oliveira


CAPÍTULO 4

O uso de recursos sonoros em aulas de Sociologia para o Ensino Médio

Roniel Sampaio-Silva


CAPÍTULO 5

Etnografia e Cartografia Social: possibilidades no ensino-aprendizagem em aulas de Sociologia

Tatiane Oliveira de Carvalho Moura, Patrícia Bandeira de Melo e André de Queiroz Pereira


CAPÍTULO 6

Entre “coxinhas” e “petralhas”: uma experiência pedagógica num cenário de polarização política

Leandro Raizer e Marçal Lisandro Soares dos Santos


CAPÍTULO 7

Múltiplos lugares da Sociologia na Educação de Jovens e Adultos: relato de experiência do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Katiuci Pavei


CAPÍTULO 8

“O importante para o trabalhador é saber do seu valor”: escritas de si como instrumentos de ressignificação da subjetividade do eu-trabalhador.

Lívia Bocalon Pires de Moraes e Patricia Horta




Organizadores


Conselho científico da obra


Alexandre Barbosa Fraga, doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e pós-doutorando em Sociologia pelo PPGSA/IFCS/UFRJ.


Alexandre Jerônimo, doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e professor do ensino superior da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Amambaí.


Andreia dos Santos, doutora em Sociologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e professora da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG).


Antonio Alberto Brunetta, doutor em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).


Bruno José Rodrigues Durães, doutor em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e professor de Sociologia da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB).


Cristiano das Neves Bodart, doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP) e professor da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia dessa mesma instituição. Vice-presidente da Associação Brasileira de Ciências Sociais (ABECS).


Daniel Gustavo Mocelin, doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professor do Programa de Pós-graduação em Sociologia dessa mesma universidade.


Fernanda Feijó, doutora em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) e professora da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). 2ª Vice-presidente da Associação Brasileira de Ciências Sociais (ABECS).


Janine Bendorovicz Trevisan, doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS) e professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS).


Joana Röwer, doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e professora da Universidade da Integração Internacional da Lusofania Afro-Brasileira (UNILAB).


Luis Flávio Godinho, doutor em Sociologia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) é professor da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e colaborador do Programa de Pós Graduação em Serviço Social, Políticas Sociais e Territórios da UFRB.


Marcelo Pinheiro Cigales, doutor em Sociologia Política pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e pós-doutorando dessa mesma instituição.


Maria de Assunção Lima de Paulo, doutora em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), professora da Universidade Federal de Campina Grande e coordenadora do mestrado profissional em Sociologia (PROFSOCIO) ofertado na mesma instituição.


Rafaela Reis Azevedo de Oliveira, doutora em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). É professora do departamento de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) na área de ensino de Sociologia. Professora do Programa de Pós-Graduação Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública (UFJF).


Roberta dos Reis Neuhold, doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), com período sanduíche na Universidade do Minho. Foi membro da equipe de avaliadores do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD) de Sociologia. É professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRGS).


Thiago de Jesus Esteves, doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEDUC) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), professor do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ), campus de Nova Iguaçu, e um dos autores do livro didático de Sociologia “Em Movimento” aprovado pelo PNLD (2015- 2017; 2019-2020)


Thiago Ingrassia Pereira, doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e professor da Universidade Federal da Fronteira Sul. Presidente da Associação Brasileira de Ciências Sociais (ABECS).



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo