Sobre o esclarecimento e a maioridade em Kant : vol.3 Coleção Filosofias no chão da escola

Autoria de Catarina Andréa da Silva Quirino


Ano: 2021

Páginas: 90

Valor: R$ 30,00

A obra Sobre o esclarecimento e a maioridade em Kant é parte da coleção “Filosofias no chão da escola” organizada por Junot Cornélio Matos e Gildimar Guilherme da Silva, sendo esse volume 3 de autoria de Catarina Andréa da Silva Quirino. No contexto da Teocracia absolutista, que incitava a sociedade a viver com temor a possíveis reprimendas em caso de desobediência às suas regras ou qualquer sorte de inssurgências contra a Igreja/Estado, Immanuel Kant, principal filósofo iluminista, apregoa o uso público da razão e a saída da menoridade, em que, agindo por dever moral, os indivíduos, por intermédio de uma atividade legislativa interior, observando o outro como destinatário final de sua conduta, bem como, abrindo mão de seus próprios interesses, agem de acordo com o imperativo categórico e a lei universal. No intuito de alcançar o bem comum, os homens abandonam a heteronomia e a menoridade e se revestem de autonomia, como condição para a maioridade, mergulhando no “sapere aude” – ouse saber. Assim, educar para a maioridade


Sumário


1 INTRODUÇÃO

2 DO ILUMINISMO AO ILUMINAR-SE

2.1 BREVES CONSIDERAÇÕES SOBRE A MENORIDADE CIVIL E A MENORIDADE NO PENSAMENTO KANTIANO

2.1.1 O senso comum e a sua contribuição para a menoridade

2.1.2 Impactos da heteronomia na menoridade versus a doutrina da virtude

2.1.3 O meio e sua influência na menoridade.

3 O IMPERATIVO CATEGÓRICO NA OBRA “O ESCLARECIMENTO” DE IMMANUEL KANT.

3.1 A questão do fim em si mesmo

3.2 A humanidade como objetivo finalístico

3.3 A atividade de legislar sobre si

3.4 A ética de uma lei universal

4 O PAPEL DO PROFESSOR DE FILOSOFIA NA ATITUDE FILOSÓFICA

4.1 O retorno do ensino de filosofia às escolas de Ensino médio

4.2 O Professor de Filosofia que queremos ser

4.3 A formação moral na pedagogia kantiana.

5 SUGESTÕES DE IMPLEMENTAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO CRÍTICO EM SALA DE AULA

5.2.2 Do público alvo e etapas previstas

5.2.2.1 Aula Música

5.2.2.2 Aula Hemeroteca

5.2.2.3 Aula Teatro

5.2.2.4 Aula Cinema

5.2.2.5 Aula Pintura

5.2.3 Fase III - Socialização

5.2.4 Fase IV – Da avaliação

6 CONSIDERAÇÕES FINAIS

REFERÊNCIAS


Autor


Coordenadores da coleção Filosofias no chão da escola

Junot Cornélio Matos

Gildimar Guilherme da Silva


Comitê Científico

Alberto Vivar Flores (UFAL)

Alessandro Rodrigues Pimenta (UFT)

Alex Fabiano Correia Jardim (UNIMONTES)

Alfredo de Oliveira Moares (UFPE)

Célia Maria Rodrigues da Costa Pereira (UFPE)

Conceição Gislane Nóbrega Lima de Salles (UFPE)

Dalton José Alves (UNIRIO)

Deodato Ferreira da Costa (UFMA)

Elizabete Amorim de Almeida Melo (UFAL)

Elisete Medianeira Tomazetti (UFSM)

Érico Andrade Marques de Oliveira (UFPE)

Ermano Rodrigues do Nascimento (UNICAP)

Evandro da Fonseca Costa (IFPE)

Evanildo Coteski (UFC)

Fernando José do Nascimento (UFPE)

Flávio José de Carvalho (UFCG)

Gabriel Kafure da Rocha (IF-Sertão)

Dr. José Teixeira Neto (UERN)

Lara Sayão Lobato de Andrade Ferraz (UCP)

Luís Lucas Dantas da Silva (IFPE)

Marcelo Senna Guimarães (UNIRIO)

Marcus Vinicius Medeiros Pereira (UFJF)

Maria da Conceição Bizerra (UNICAP)

Maria da Conceição Lafayette de Almeida (UFPE)

Maria José de Matos Luna (UFPE)

Maria Reilta Dantas Cirino (UERN)

Martha Solange Perrusi (UNICAP)

Oussama Naouar (UFPE)

Pedro Ergnaldo Gontijo (UnB)

Raphael Guazzelli Valério (UFPE)

Renato Nogueira dos Santos Junior (UFRRJ)

Ricardo Pereira de Melo (UFMS)

Shalimar Michele Gonçalves da Silva Reis (FAFIRE)

Samon Noyama (UFABC)

Sérgio Paulino Abranches (UFPE)

Silvio Ancisar Sanchez Gamboa (UFAL)

Sílvio Ricardo Gomes Carneiro (UFABC)

Sonia Lira Ferreira (UFCG)

Thales Cavalcanti Castro (UNICAP)

Tiago Brentam Perencini (Educação Básica/SP)

Willamis Aprígio de Araújo (IFPE)

23 visualizações0 comentário